Consorte mais longevo da história do Reino Unido, duque de Edimburgo é casado com rainha britânica há 72 anos. Ambos estão no Castelo de Windsor desde 19 de março, porque fazem parte de grupo de risco para a Covid-19. A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip, duque de Edimburgo, posam no Castelo de Windsor em 6 de junho, em foto oficial de comemoração do aniversário de 99 anos do príncipe
Steve Parsons/PA Wire/Pool via Reuters
O príncipe Philip, o consorte mais longevo da história do Reino Unido, comemora 99 anos nesta quarta-feira (10), confinado no Castelo de Windsor com sua esposa, a rainha Elizabeth II, devido à pandemia do coronavírus.
Para marcar a ocasião, o Palácio de Buckingham divulgou uma nova fotografia do casal real, que está junto há 72 anos, posando no início de junho no jardim de Windsor, cerca de 40 quilômetros a oeste de Londres.
Na imagem, Elizabeth II, 94 anos, está com um vestido de Angela Kelly, que era sua estilista pessoal, com um broche de diamante em forma de coração. Seu marido, duque de Edimburgo, usa um blazer com uma gravata do exército britânico.
Príncipe Philip completa 99 anos: veja 5 curiosidades sobre ele
Elizabeth II se retirou para Windsor em 19 de março, dias antes de as medidas de confinamento entrarem em vigor no Reino Unido, que registra cerca de 41 mil mortes confirmadas pela Covid-19. A soberana e seu marido estão entre a população em risco para doença devido à idade avançada.
Nesta residência, ela comemorou seu 94º aniversário em 21 de abril, afastada da família e sem as tradicionais homenagens.
O príncipe Philip, que se afastou das atividades oficiais em 2017, não é visto em público desde uma breve hospitalização “preventiva” em dezembro devido a “problemas de saúde pré-existentes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui