Dessa forma, seguem na lista do prefeito os bairros de Periperi, Paripe, Sussarana, Nova Sussuarana, Beiru/Tancredo Neves, Fazenda Grande do Retiro, Itapuã e São Caetano, além de São Marcos. Moradores formam enorme fila para teste rápido da Covid-19 no bairro de Pernambués
Reprodução/TV Bahia
O prefeito de Salvador, ACM Neto, comunicou na manhã desta sexta-feira (12), em pronunciamento realizado na Ilha de Maré, o fim do período de medidas restritivas no bairro de Pernambués. Por duas semanas, a prefeitura determinou o fechamento de estabelecimentos não essenciais da região como forma de combate ao coronavírus. Também foram realizados testes rápidos nos moradores, além da higienização de ruas e ações de combate ao coronavírus.
Durante o pronunciamento, ACM Neto também afirmou que as medidas restritivas mais rigorosas serão prorrogadas por mais sete dias em São Marcos. Dessa forma, seguem na lista do prefeito os bairros de Periperi, Paripe, Sussarana, Nova Sussuarana, Beiru/Tancredo Neves, Fazenda Grande do Retiro, Itapuã e São Caetano, além de São Marcos.
“Hoje, dia 12, está vencendo o decreto que determina a operação de apoio à vida e, óbvio, as restrições em dois bairros. Pernambués e São Marcos. Queria informar que vamos dar por concluído em Pernambués, estivemos por duas semanas, portanto, ao longo de 14 dias conseguimos importantes reduções. Era um dos bairros com maior número de novos casos, conseguimos reduzir. Vamos sair, mas continuaremos observando. Vamos continuar muito atentos e observando cada passo nos bairros que estamos deixando”, informou o prefeito.
ACM Neto anuncia fim das medidas restritivas em Pernambués
Reprodução / Facebook
ACM Neto fez um alerta sobre flagras de aglomeração de pessoas em bairros e localidades que já figuraram na lista de regiões com medidas restritivas impostas pela prefeitura. Ele utilizou como exemplo a Avenida Joana Angélica, no Centro da capital baiana.
“Recebi fotos preocupantes da Joana Angélica, foi um dos locais que entramos na primeira etapa e saímos. Havia a expectativa pelo ordenamento. Hoje tivemos equipes lá conversando com ambulantes. Vamos dar um voto de confiança para que possam se ajustar. Caso não aconteça, vamos suspender as atividades, mas não na Avenida Joana Angélica toda. Se o comércio formal respeita, não vou penalizar pelo fato do informal não respeitar”, disse.
O prefeito aproveitou também para expor números relativos à taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade. Segundo ACM Neto, 80% dos leitos públicos de Salvador voltados exclusivamente para pacientes com coronavírus estão ocupados.
“Hoje temos 85% de ocupação na rede particular, maior número registrado desde o início da pandemia. Na rede pública temos 80% de ocupação. Os números não são confortáveis, não permitem relaxar. Pelo contrário. Somente ontem colocamos 16 novos leitos de UTI para funcionar”, disse.
“Infelizmente, a quantidade de novos casos graves cresce na velocidade maior do que a oferta de novos leitos. Por isso, não temos outro caminho a não ser pedir que as pessoas tenham consciência. Se sair, saia de máscara, que as pessoas observem a necessidade do isolamento, se preocupem com a higienização. Se cada um fizer sua parte, atravessaremos isso mais rápido”, encerrou.
Segundo dados do último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do estado (Sesab), Salvador registra 18.706 casos confirmados de coronavírus, com 707 mortes em decorrência da doença.
Veja mais notícias no G1 Bahia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui